segunda-feira, 15 de maio de 2017

Minha contribuição


Como os pensamentos regem a vida da humanidade, a psicosfera do planeta é diretamente proporcional a quantidade de formas pensamentos de seus habitantes. Muitos dos acontecimentos de hoje, tem influência direta com a antiga 2ª guerra mundial, que continua muito além da matéria. Os desencarnes coletivos são necessários, diante de tanta Lei de Causa e Efeito que como disse Jesus mediunizado do Cristo cósmico “O escândalo é necessário, mas ai daquele que provocar o escândalo”. Todos nós estamos interligados por faixas de frequências vibratórias. Mesmo com o término da 2ª guerra mundial, o rancor, o ódio e a desarmonia alimentaram e alimentam as trevas, que nada mais é que uma região plasmada por nossos irmãos desencarnados que insistem em aprisionar os desencarnados, usufruindo destes, suas energias, para manterem vivas tais regiões inóspitas. Atualmente muitos dos governantes e ditadores, são influenciados por estas hostes. Daqui a alguns anos se a humanidade não mudar seus pensamentos para o bem, pois ninguém é mau, mas ignorante, o planeta ficará em uma situação de extrema precariedade no que diz respeito a escassez. Ninguém muda ninguém, são com as boas ações que impregna no homem a vontade de mudar. O maior desafio do homem não é proteger a natureza, mas mudar a si próprio. Muitos países serão vencidos pela própria natureza e não com as armas biológicas, pois a Lei de Causa e Efeito não falha. Tudo rege nas leis divinas e muitos dos homens responderão caro pelas imprudências.  
 
                                                                                                                                     Artur Lima

terça-feira, 2 de maio de 2017

A gota de água

"Uma gota de água pode descrever o oceano, por se encontra no meio líquido, mas fracassaria se descrevesse o espírito do oceano."

                                                                               Ramatis

Somos ou não responsáveis pelos atos mentais

A bomba atômica é apenas um produto do espírito de guerra permanente, que existe entre os homens; é um efeito e não uma causa. Esse espírito belicoso não se revela apenas no sábio, no militar ou no político desavisado, pois estes, muitas vezes, estão dominados pelo férreo dever de "salvar a sua pátria". É o conjunto humano do vosso orbe que contribui para manter latente a vida dessas energias mortíferas, criando-as como uma necessidade, devido à insegurança interior de cada país. Não importa que seja agora a bomba atômica a causar destruições, quando já o foram a dinamite, o canhão, o barco, o avião fratricida e será futuramente outra qualquer energia perigosa; o que importa, sim, é extinguir a dose de vitalidade com que cada um alimenta esse "duende" tenebroso, que é o espírito latente de guerra? Há tanto ódio entre os países, raças, povos, religiões, políticos, correligionários, profissões e classes, como entre vizinhos, esposos, filhos, pais e indivíduos isolados! A guerra está no próprio homem, pois aquele que não sabe o que quer não pode estar em paz nem consigo mesmo; é um guerreiro em potencial! Se a natureza divina, superior e angélica, do homem, ainda não venceu a demoníaca, inferior e animalizada, como existir no mundo a paz que ainda não existe no indivíduo? Não havendo paz nem mesmo às vossas mesas de refeições e entre a própria família, como quereis vos considerar distantes das responsabilidades pela bomba atômica? Se pudéssemos roubar-vos a bomba atômica, vós a substituiríeis por outra arma, talvez ainda mais tenebrosa!... Quereis a Paz? Não a conseguireis com palavrório nem com brados estentóricos, nem tão pouco por conclamações à hora certa! Segui o Cristo; ele é que vos dará a verdadeira Paz, quando aceitardes o seu reino interior, onde os "tesouros não são roídos pelas traças nem corroídos pela ferrugem", e onde o homem "se salva perdendo a vida"!

RAMATIS - Do livro mensagem do Astral

TODOS OS CIENTISTAS DEVERIAM LER


O átomo infinitesimal é composto de centros imponderáveis de atrações, como os ionios e eletrônios; no entanto, esses corpúsculos, que ainda são um "quantum" de matéria, possuem duplo-etéricos semelhantes à sua configuração material e ainda impregnados da energia astral. Cada elétron físico possui, portanto, a perfeita contra-parte etéreo-astral e que vem a ser um outro elétron num sub-plano eletrônico. Uma vez que o átomo material é, formado pela soma de elétrons e do núcleo que, por sua vez, também possuem os seus duplo-elétricos, é óbvio que há, no átomo físico, um outro átomo eterico. As moléculas físicas, como soma dos átomos etéreo-físicos, também se apresentam revestidas dos seus duplo-etéricos, e as células que se formam da composição das moléculas seguem a mesma disposição fundamental, com as suas contra-partes etéreo-físicas. Em conseqüência do que acima expomos, o homem físico é uma cópia, uma reprodução ou a "revelação" exata, no mundo exterior, de um outro homem etéreo-astral, invisível, que compreende a soma de células, moléculas, átomos e elétrons físio-etéricos. É por isso que ocorre o fenômeno que já conheceis, de muitos pacientes continuarem a sentir dores em uma perna já amputada, pois o cirurgião que amputou a parte material não pôde nem poderia amputar a perna etérica. Noutros casos, após a amputação da mão atacada pelo câncer, a energia cancerígena caminha pelo "molde eterico" do enfermo e, embora se façam novas e sucessivas intervenções, materializa-se novamente na seqüência do braço e vai dali para diante. A bala escaldante, que penetra o cérebro ou o coração do suicida, estraçalha na mesma zona a tessitura etérica, pois que a bala material é um corpo revestido também do duplo eterico, que é a figura exata de outra bala, que prejudica o seu plano correspondente. Os reinos animal, vegetal e mineral são configurações visíveis dos mesmos reinos etéreo- astrais e que sobrevivem mesmo após à dissolução da forma material, assim como sobreexiste a perna etérica do paciente que sofreu amputação da contra-parte física da mesma. Daí a razão por que a bomba atômica desata uma ação em cadeia, no plano físico e, também, uma outra que é sua perfeita reprodução ,no mundo astral, pois há outra bomba etérica explodindo no mesmo tempo em outros reinos etéricos que são, por sua vez, cópias do -mundo físico.

Ramatis - Do livro mensagens do Astral

domingo, 30 de abril de 2017

Cada um absorve como desejar


Jesus empregou a palavra Deus para designar a ideia de Deidade e a palavra Pai para designar a experiência de conhecer a Deus. Quando a palavra Pai é empregada para denotar Deus, ela deveria ser entendida no seu significado mais amplo possível. A palavra Deus não pode ser definida e por isso representa o conceito infinito do Pai, enquanto o termo Pai, sendo capaz de uma definição parcial, pode ser empregado para representar o conceito humano do Pai divino, como ele está associado ao homem, durante o curso da existência mortal.
Jesus nunca reivindicou ser a manifestação do Eloim (Deus) na carne. Ele nunca declarou que era a revelação de Eloim (Deus) aos mundos. Ele nunca ensinou que aquele que o tinha visto, tinha visto Eloim (Deus). Mas ele proclamou-se como a revelação do Pai na carne, e ele disse que todo aquele que o tinha visto, tinha visto o Pai. Como Filho divino ele afirmou representar apenas o Pai.
De fato ele era o Filho até mesmo do Deus Eloim; mas, na semelhança da carne mortal e para os filhos mortais de Deus, ele escolheu limitar a revelação da sua vida a retratar o caráter do seu Pai, no que essa revelação pudesse ser compreensível para o homem mortal. No que diz respeito ao caráter das outras pessoas da Trindade do Paraíso, havemos de contentar-nos com o ensinamento de que elas são todas como o Pai, cujo retrato pessoal foi revelado na vida do seu Filho encarnado, Jesus de Nazaré.
Embora, na sua vida terrena, Jesus tenha revelado a verdadeira natureza do Pai celeste, ele pouco ensinou sobre Ele. Na verdade, ele ensinou apenas duas coisas: que Deus é, Ele próprio, espírito, e que, para todas as questões de relacionamento com as Suas criaturas, Ele é um Pai. Nessa tarde, Jesus fez o pronunciamento final da sua relação com Deus, quando ele declarou: “Eu vim do Pai, e eu vim ao mundo; e, novamente, eu deixarei o mundo e irei para o Pai”.
Atenção, todavia! Nunca Jesus disse que “Aquele que tiver ouvido a mim terá ouvido a Deus”. No entanto, ele disse: “Aquele que tiver visto a mim, terá visto o Pai”. Ouvir o ensinamento de Jesus não é equivalente a conhecer a Deus, mas ver Jesus é uma experiência que em si própria é uma revelação do Pai à alma. O Deus dos universos dirige a vasta criação, mas é o Pai nos céus que envia o Seu espírito para residir nas vossas mentes.
 
Na sua forma, à semelhança humana, Jesus é a lente que torna visível, para a criatura, a Ele, que é invisível. Jesus é o vosso irmão mais velho que, na carne, torna conhecido para vós um Ser de atributos infinitos a Quem nem mesmo as hostes celestes podem presumir compreender plenamente. Mas tudo isso deve consistir na experiência pessoal do indivíduo que crê. Deus, que é espírito, pode ser conhecido apenas como uma experiência espiritual. Deus pode ser revelado aos filhos finitos dos mundos materiais, pelo Filho divino dos Reinos espirituais, apenas como um Pai. Vós podeis conhecer o Eterno como um Pai; vós podeis adorá-Lo como o Deus dos universos, o Criador infinito de todas as existências.

                                  Do livro de Urantia
Observações minhas: o finito (nós) não pode compreender o infinito (Deus), mas podemos senti-lo.

Fala de Jesus

Naquela noite, depois da ceia, quando Jesus e os doze reuniram-se para a sua conversa diária, André perguntou: “Mestre, enquanto batizávamos os crentes, tu disseste muitas palavras à multidão que permaneceu ali contigo, palavras que não ouvimos. Estarias disposto a repetir essas palavras para que delas nos beneficiássemos?” E, em resposta ao pedido de André, Jesus disse:

“Sim, André, falarei a vós sobre as questões da riqueza e da automanutenção, mas as minhas palavras para vós, apóstolos, devem ser um tanto diferentes daquelas ditas aos discípulos e à multidão, pois vós abandonastes tudo, não apenas para seguir-me, mas para que fosseis ordenados embaixadores do Reino. Vós já tivestes uma experiência de vários anos e sabeis que o Pai, cujo Reino vós proclamais, não vos abandonará. Dedicastes as vossas vidas à ministração do Reino; portanto, não sejais ansiosos, nem deveis preocupar-vos com as coisas da vida temporal, com o que ireis comer, nem mesmo com o que vestir o corpo. O bem-estar da alma é mais do que comida e bebida; o progresso do espírito está muito acima da necessidade de vestimentas. Quando fordes tentados a duvidar da certeza do vosso pão, considerai os corvos; eles não semeiam nem colhem, eles não têm armazéns nem silos, e, mesmo assim, o Pai lhes proporciona comida a todos, quando eles estão buscando. E quão mais valiosos não sois do que um bando de pássaros! Além disso, toda a vossa ansiedade e as dúvidas que vos corroem nada podem fazer para suprir as vossas necessidades materiais. Quem de vós pode, com a vossa ansiedade, acrescentar um palmo à vossa estatura ou um dia à vossa vida? Já que essas questões não estão ao alcance das vossas mãos, por que pensar com ansiedade em qualquer desses problemas?
 
“Contemplai os lírios, e como eles crescem; eles não trabalham, nem se esforçam; e eu ainda vos digo, mesmo Salomão em toda a sua glória não se vestiu como um deles. Se Deus veste, assim, a erva nos campos, que hoje está viva, mas que amanhã será cortada e jogada ao fogo, quão melhor irá ele vestir-vos, embaixadores do Reino do céu. Ó vós, de pouca fé! Quando vos devotardes de todo o vosso coração à proclamação do evangelho do Reino, não deveis ficar em dúvida quanto ao vosso próprio sustento ou o das famílias que abandonastes. Se entregardes as vossas vidas verdadeiramente ao evangelho, vivereis do evangelho. Se fordes apenas discípulos crentes, deveis ganhar o vosso próprio pão e contribuir para o sustento de todos os que ensinam, pregam e curam. Se ficardes ansiosos por causa do vosso pão e da vossa água, em que sereis diferentes das nações do mundo, que buscam essas necessidades com diligência tão excessiva? Devotai-vos à vossa obra, acreditando que o Pai tanto quanto eu sabemos que tendes necessidade de todas essas coisas. Deixai-me assegurar-vos, de uma vez por todas, que, se dedicardes as vossas vidas ao trabalho do Reino, todas as vossas necessidades reais serão supridas. Buscai a coisas mais importante, e as menores serão encontradas nela; pedi pelo celeste, e o terrestre será incluído. É certo que a sombra seguirá a essência."
 
“Sois apenas um grupo pequeno, mas, se tiverdes fé, se não tropeçardes no medo, eu declaro que é um grande prazer para o meu Pai dar-vos este Reino. Vós colocastes os vossos tesouros onde as bolsas não envelhecem, onde nenhum ladrão pode apropriar-se deles, e onde nenhuma traça pode destruí-los. E, como eu disse ao povo, onde estiver o vosso tesouro, lá também estará o vosso coração."

Fala de Jesus

"Eu não vim para julgar os pobres, nem os ricos, mas as vidas que os homens vivem os julgará a todos. O que quer que além de tudo eu possa dizer a respeito dos ricos, no julgamento, ao menos três perguntas devem ser respondida por todos que adquirem grande fortuna, e estas perguntas são:
 
1 - Quanta riqueza acumulastes?
2 - Como conseguistes essa riqueza?
3 - Como usastes essa riqueza? "
 
observações minhas: Lembremos que o julgamento está dentro de cada um de nós e não por parte de terceiros, ou seja, a nossa consciência nos julgará.

Fala de Jesus

“Meu filho, de que te valerá ganhares todo o mundo, se perderes a tua própria alma?”

Fala de Jesus

" “Mas nunca esqueçais, além de tudo, de que a riqueza não é duradoura. O amor pela riqueza, muito frequentemente, obscurece e até mesmo destrói a visão espiritual. Nunca deixeis de reconhecer o perigo de que a riqueza se converta na vossa dona, em vez de converter-se na vossa serva”. Jesus não ensinou nem apoiou a imprevidência, a ociosidade, a indiferença em cuidar das necessidades físicas da própria família, nem a dependência de esmolas. Mas ensinou que o material e o temporal devem estar subordinados ao bem-estar da alma e ao progresso de natureza espiritual no Reino do céu."

Fala de Jesus

"Enquanto os apóstolos batizavam os crentes, o Mestre falava àqueles que tinham ficado. E um certo jovem disse a ele: “Mestre, o meu pai morreu deixando muitas propriedades para mim e para o meu irmão, mas o meu irmão recusa-se a me dar o que é meu. Poderias, então, pedir ao meu irmão que divida essa herança comigo?” Jesus ficou compassivamente indignado por esse jovem de mente materialista ter trazido à discussão uma questão de negócios; mas continuou a usar a ocasião para ministrar outras instruções. Disse Jesus: “Homem, quem me encarregou de repartir as vossas coisas? De onde foi que tiraste a ideia de que eu dou atenção aos assuntos materiais deste mundo?” E então, voltando-se para todos que estavam em torno de si, ele disse: “Tende cuidado e vos mantendo afastados da cobiça; a vida de um homem não consiste da abundância das coisas que ele possa possuir. A felicidade não vem do poder da fortuna, e a alegria não brota das riquezas. A fortuna, em si mesma, não é uma maldição; no entanto, o amor pelas riquezas muitas vezes conduz a uma tal devoção às coisas deste mundo, que a alma se torna cega para as belas atrações das realidades espirituais do Reino de Deus na Terra, e para as alegrias da vida eterna no céu."

Fala de Jesus

“Por quanto tempo vos detereis no vale da indecisão? Por que vacilais entre duas opiniões? Por que deveria um judeu ou um gentio hesitar em aceitar a boa-nova de que ele é um filho do Deus eterno? Quanto tempo demorará para que consigamos persuadir-vos de que deveis aceitar com júbilo a vossa herança espiritual? Eu vim a este mundo para revelar o Pai a vós e para conduzir-vos ao Pai. A primeira parte eu já fiz, mas a segunda não posso fazer sem o vosso consentimento; o Pai nunca obriga nenhum homem a entrar no Reino. O convite sempre tem sido e sempre será: Àquele que quiser, que venha e que participe livremente da água da vida”.

sexta-feira, 21 de abril de 2017

Palestras para 2017.2

Teremos ainda este ano as seguintes palestras:

Física Quântica e Espiritismo

Como Surge o Princípio Inteligente

Ovoidização

Os Elementais e Elementares

terça-feira, 18 de abril de 2017

Se Einstein soubesse


"Quem desconhece as leis naturais que vigoram no mínimo movimento dos átomos nos mundos que bailam nos espaços, não poderá conhecer essas mesmas leis que regulam a harmonia do seu próprio corpo, ou dos corpos que servem ao Espírito,  para se expressar onde se encontra."
                                                                                      Livro Filosofia Espírita - Pelo espírito Miramez

Importante lembrar


"Esqueçamo-nos da inércia e lembremo-nos do trabalho. Trabalhando, esqueçamo-nos do ódio e abracemo-nos, vivendo o amor, porque essa disposição à verdade nos garantirá a paz espiritual e a alegria permanente no coração."
                                                          Livro Filosofia Espírita - Pelo espírito Miramez

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Refletir


“A mente que se abre à novas ideias nunca mais volta a seu tamanho original”

Albert Einstein

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

PALAVRAS DO AVATAR SATHYA SAI BABA

Comecem o dia com Amor, passem o dia com Amor, terminem o dia com Amor. Este é o caminho para Deus.
A felicidade é uma atitude mental, que pode ser cultivada e que não é afetada pela sorte boa ou má.
A fé é a força que precisamos para abrir as portas que nos levam à felicidade, como as formas de Deus são múltiplas,  podemos amá-Lo em qualquer uma delas. Chamem-me então, com o nome que lhes parece mais doce a seus corações e Eu os acudirei, porque Sou todos os Nomes e todas as Formas.
Os milagres não são mais que os efeitos do Meu Conhecimento de leis naturais. Meus maiores milagres são as vidas transformadas daqueles que vêem, muitas vezes em dúvida, e voltam com os corações cheios de Amor e com a resolução de viver uma vida mais elevada, uma vida melhor. Meus milagres são apenas cartões de apresentação. Eu dou as pessoas o que elas querem, para que mais tarde Me dêem o que Eu quero: seu amor a Deus.
Tragam-me todo o mal, as dúvidas, as mágoas, todos os problemas que vocês julgam impossíveis de solução e deixe-os aqui e tomem de mim tudo o que tenho: Amor ! Para cada passo que dêem em Minha direção, Eu darei dez até vocês.
Vocês são agora meu radiante e glorioso Ser. Já não estão separados de Mim, unam-se a Mim, tornem-se Eu!


segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Momento de Reflexão

"Ninguém salva qualquer pessoa afundando-se no erro. Feliz daquele que estende a mão ao caído, tendo os pés firmes nas nobres ações. De nada adianta se a mão estendida estiver limosa de maus atos, pois o caído escorregará e, mesmo erguido, quando souber o preço que seu salvador pagou, sentir-se-á mais caído e sofredor do que antes."

Jesus

SEJA



S E J A F O N T E!
Fonte de água pura e cristalina. Seja água abundante para quem tem sede de amor, de carinho. De força, de apoio de diretriz. Se você não tem nenhum motivo para ser feliz, seja feliz por ser fonte. Por ser procurado por aqueles que precisam de você.

S E J A P O R T O!
Porto de chegada de almas cansadas, Seja porto para aqueles que andam perdidos pelo mundo, e que precisam de um lugar tranquilo para descansar o fardo que carregam. Para ser porto de chegada, abrace, afague, receba, dê boas vindas. Seja porto de saída, saída para quem precisar partir, despedindo-se das ilusões, das dores, dos fracassos e decepções. Partindo para uma vida melhor, para isso, ajude, apoie, converse, estenda as mãos, ouça, oriente. Seja também porto seguro, para quem lhe ama e precisa de você. Porto seguro para os amigos, para a família, para quem precisar. Para ser porto seguro, esqueça o ego e pense no próximo, esqueça suas dores e amenize as dores do próximo. Se você não tem motivos para ser feliz, seja feliz por ser porto, para receber aqueles que procuram por você.

S E J A P O N T E!
Ponte que liga a vida terrena à eternidade do céu. Para ser ponte, compreenda, perdoe e deixe as pessoas passarem por você. Para ser ponte, esteja no fim da estrada daqueles que não encontram o caminho de volta. Seja a passagem e não o atalho, seja o caminho livre e não o pedágio. Se você não tem outro motivo para ser feliz, seja feliz por ser ponte. Ponte significa união, ligação, laços de afeição.

S E J A E S T R A D A!
Estrada longa, gostosa de passear, estrada iluminada de dia pelo sol e de noite pelo luar. Seja estrada que guia, estrada que conduz a outros caminhos. Se você não tem outro motivo para ser feliz, seja feliz por ser estrada, estrada dos peregrinos da vida, estes plantarão flores aos seus pés. Seja estrada para os caminhantes do tempo, estes regarão suas flores. Seja estrada para os andarilhos do mundo, estes poderão colhê- las, e sentir seu perfume.

S E J A E S T R E L A!
Seja a estrela que mais brilha no firmamento. Seja a estrela inspiradora dos poetas, dos românticos e apaixonados. Para ser estrela, ilumine os que lhe cercam, distribua luz gratuitamente. Seja estrela guia, estrela da sorte. Se você não tem outro motivo para ser feliz, seja feliz por ser estrela, porque as estrelas estão sempre no alto, são soberanas porque guiam os navegantes.

S E J A C H U V A!
Chuva que molha os corações secos, vazios de amor, de esperança, de paz. Seja chuva que inunda os campos áridos, que molham os jardins, que dá vida a toda vegetação, e que faz transbordar os rios. Se você não tem outro motivo para ser feliz, seja feliz por ser chuva. A chuva é sempre esperada, porque dela depende a continuidade de toda a humanidade.

S E J A Á R V O R E!
Árvore que dá frutos para quem tem fome. Que dá sombra e refresca o árduo calor dos caminhantes que seguem pela vida. Seja árvore que aninha, que acolhe os passarinhos, que enfeitam os quintais. Se você não tem outro motivo para ser feliz, seja feliz por ser árvore. Por que ser árvore é ter raízes sólidas e profundas.
É ter braços que se alongam, que se estendem...
É produzir flores para enfeitar a alma de alguém,
É ser forte e enfrentar temporais.
É ter suas folhas embaladas pelo vento,
É ser molhada pela chuva e acalentada pelo sol,
É fazer parte da criação como um ser único.
Ser Fonte, Ser Porto, Ser Ponte, Ser Estrada, Ser Chuva, Ou ser Árvore... É SERVIR A DEUS!

Autor desconheicido
Jornal Bimestral da Sociedade Espírita Ramatis - Março / Abril de 2013 - No 58 

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

A Pátria do Evangelho Segundo Ramatis

A organização de povos ou nações, na face da Terra, obedece exclusivamente ao principal objetivo ou tema, que lhes cabe, de ensinar de forma de lição a certo conjunto de espíritos encarnados. Assim, aprendemos ciência no Egito, comércio e navegação, na Fenícia, revelação divina, na Judeia, direito, em Roma, espiritualidade, na Índia, filosofia e beleza, na Grécia, astronomia, na Semúria, magia, na Caldeia, amor pátrio, na Pérsia! Modernamente, a Itália ensina música e canto, a Alemanha, química e disciplina, a Suécia, o respeito mútuo, a Rússia, o socialismo, os Estados Unidos, a técnica e organização, e, finalmente, o Brasil, detém a mensagem mais avançada e terna do orbe a Fraternidade!

Do livro: A Vida Humana e o Espírito Imortal - de Ramatis - psicografado por Hercílio Maes.

Adão e Eva na Visão Espírita


De acordo com o Gênesis (o primeiro livro bíblico), o mundo, os animais e o homem foram criados diretamente por Deus durante uma semana. Essa descrição é de 3 mil anos atrás, época em que o homem não tinha os conhecimentos científicos de hoje. Por isso, é óbvio que não podemos analisar a Bíblia em seu sentido literal, sob pena de cairmos na infantilidade como a de achar que Deus tenha moldado Adão da argila, soprando-lhe a vida, e que uma de suas costelas foi a matéria-prima para o nascimento de Eva. Sabemos hoje que A VIDA apareceu há mais ou menos 3,5 bilhões de anos, portanto, um bilhão de anos após o início da formação da Terra. Afirma-se que ela (A VIDA) tenha surgido na água sob forma de seres minúsculos extremamente simples. Estes seres deram origem às células, depois às plantas e aos animais invertebrados que habitavam o mar. Mais tarde, do mar, a vida se fixou sobre a terra firme e depois no ar. OS PRIMEIROS SERES HUMANOS surgiram sobre a Terra há aproximadamente 3 milhões de anos. Parece muito, mas não é, se considerarmos que a vida no planeta tem mais de 3 bilhões de anos. Ao longo dos anos, os seres sofreram transformações sucessivas, dando origem a várias espécies. Esse processo chama-se EVOLUÇÃO. Portanto, a vida humana descende, por evolução, daqueles primeiros seres vivos microscópicos. Mas diz também, a Bíblia, que Adão e Eva foram instalados no Jardim do Éden onde viveriam felizes para sempre. Não teriam dores, nem problemas ou dificuldades. Não experimentariam a velhice, a doença, a morte. Mas para que isso fosse possível, Adão e Eva "NÃO DEVERIAM COMER O FRUTO DA ÁRVORE DO CONHECIMENTO DO BEM E DO MAL". O fruto não é a maçã, já que esta não é citada no texto bíblico. Mas entenderam os estudiosos da idade média que ela simbolizava o sexo. Mas, por que, Adão e Eva não deveriam ter relações sexuais, já que possuíam órgãos sexuais conforme ocorre com todos os seres vivos? Por conta dessa extravagante interpretação, durante séculos a atividade sexual foi situada como algo sujo e pecaminoso. Agora, perguntemos: E se Adão e Eva não tivessem cometido o "PECADO", o planeta Terra até hoje estaria habitado apenas pelo casal? Como Adão e Eva poderiam cometer o "crime" da desobediência se, não sabiam discernir entre o bem e o mal, não tinham noção do que é certo ou errado, justo ou injusto, obedecer ou desobedecer? Se Deus, que é bom, não é capaz de perdoar "a desobediência do casal", como espera Ele que exercitemos o perdão ensinado por Jesus? Deus, então, errou, por ter criado dois seres rebeldes, desobedientes e curiosos? Sabemos que não. Mas, de acordo com Emmanuel, no livro “A CAMINHO DA LUZ”, psicografado por Chico Xavier, encarnaram aqui na Terra, Espíritos que foram expulsos de um planeta do sistema de Capela, que fica na Constelação de Cocheiro, situado a 42 anos-luz de nosso planeta. Tais espíritos "perderam" o paraíso, ou seja, o planeta em que moravam, que era mais evoluido, para vir morar em nosso planeta na fase primitiva. Estes Espíritos deram origem à raça simbolizada na pessoa de Adão e, por essa razão mesma, chamada RAÇA ADÂMICA. Muito adiante do homem terrestre em inteligência e cultura, eles promoveram notável surto de progresso em nosso planeta. Deles originaram-se o grupo dos Árias, a civilização do Egito, o povo de Israel e as castas da Índia. Quando eles aqui chegaram, a Terra já estava povoada desde tempos antigos, como a América (pelos índios), quando aqui chegaram os europeus. Um exemplo é Caim, que após matar seu irmão Abel, saiu vagando pelo mundo, por ordem de Jeová, encontrando assim, a terra de Nod, a leste de Éden, onde conheceu sua esposa dando- nos a entender que havia mais pessoas habitando o paraíso. Mas lembremos que, assim como Adão e Eva, Caim e Abel também são figuras alegóricas, estes simbolizam a personalidade das criaturas. E o barro citado na Bíblia? Na Bíblia diz: "Deus tomou um pouco de barro, deu-lhe forma humana, soprou- lhe as narinas e surgiu o primeiro homem." Há algo de real escondido na fantasia bíblica. Podemos situar o barro como símbolo dos elementos químicos usados por Deus para criar o Homem. O corpo humano foi constituído dos elementos materiais básicos deste planeta. E costela significa que a mulher é da mesma natureza do homem, não lhe é inferior, mas sua igual e o homem deve amá-la como parte de si mesmo. Lembremos que esta versão Adão e Eva foi contada por Moisés a um povo ignorante que não entenderia a história real. Assim como fazemos com nossas crianças sobre vários assuntos. Pensemos: "Se até hoje muitos não entendem, imaginemos naquela época." Então, com a RAÇA ADÂMICA, aconteceu o mesmo que vem acontecendo com a população do nosso planeta Terra. Aqueles que persistirem na maldade, não reencarnarão mais na Terra (serão expulsos do paraiso), ou seja, NÃO HERDARÃO A TERRA, como afirmou Jesus. Na medida em que retornarem ao Além (ao desencarnar), haverá a separação do joio e do trigo. Os Espíritos que persistirem no mal (OS JOIOS) encarnarão em planetas inferiores, ONDE HAVERÁ CHORO E RANGER DE DENTES, porque enfrentarão limitações e dores que funcionarão como lições que ajudarão na eliminação das falhas morais que ainda fazem parte da sua personalidade, até que aprendam a serem mansos e pacíficos, para que suas atitudes sejam dignas de filhos de Deus. Os bons (OS TRIGOS) continuarão a reencarnar na Terra, que está deixando de ser um mundo de provas e expiações (onde habitam Espíritos ignorantes e maldosos) para ser um mundo de r e g e n e r a ç ã o ( o n d e h a b i ta r ã o E s p í r i t o s regenerados), para que o Reino de Deus (que é de amor, de caridade, de paz, de solidariedade, etc.) se instale na Terra. Então, podemos concluir que, a RAÇA ADÂMICA, foi expulsa do "PARAÍSO", ou seja, de um planeta superior do sistema de Capela, estrela pertencente à Constelação de Cocheiro, para morar num planeta inferior (Terra), por não seguirem as leis divinas. Como disse Jesus, "HÁ MUITAS MORADAS NA CASA DO PAI". 

GRUPO DE ESTUDO ALLAN KARDEC
Fonte:http://grupoallankardec.blogspot.com.br/2010/01/qual-visao-espirita sobreadao-e-eva.html

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Criações Mentais


Segundo nos relatam as inteligências extrafísicas, o planeta Terra é um organismo vivo e pulsante; interage com as inteligências encarnadas e desencarnadas, as quais irradiam pensamentos ininterruptamente. Esses pensamentos manifestam-se ora como ondas, ora como raios, que partem da fonte geradora e produzem uma espécie de associação, mais ou menos duradoura, com outras imagens mentais ou formas-pensamento. A durabilidade dessa associação é proporcional à qualidade e à intensidade da força que mantém coesos tais pensamentos afins.
Entendemos, a partir daí, que os pensamentos de ordem superior, ao circularem em torno da atmosfera psíquica do planeta, compõem um cinturão de correntes mentais que abastece as inteligências encarnadas e desencarnadas que se sintonizam com elementos dessa natureza.
Assim é que artistas, sensitivos, cientistas, médiuns e todos aqueles que mantêm uma atividade mental superior, desenvolvendo seus raciocínios e buscando inspiração para qualquer tipo de tarefa com objetivos nobres, acabam por se sintonizar com correntes mentais de ordem elevada. Pietro Ubaldi foi provavelmente quem melhor definiu essas associações mentais superiores, denominando as noúres. As noúres refletem os pensamentos de todos os seres elevados, o conhecimento universal, e constituem-se na maior fonte de inspiração superior para os habitantes do planeta Terra. Processo análogo ocorre com os pensamentos considerados inferiores.
Fundamentados em informações dos espíritos e de diversos pesquisadores encarnados, sabemos da capacidade de emissão da mente humana, que se define em termos qualitativos, por meio das vibrações, ou em relação à sua freqüência, que pode ser alta ou baixa. Por outro lado, as ondas formadoras das correntes de pensamento, que circundam a aura magnética dos seres humanos e do planeta, são tão mais fortes quanto mais fortes e elevados forem os pensamentos e sentimentos que se mesclaram no ato mental. Sendo assim, tanto a classificação ou a qualidade quanto a duração das ondas mentais estão subordinadas aos sentimentos e à elevação de intenções ou propósitos da mente geradora. As correntes de pensamento alcançam maior frequência vibratória à medida que ficam impregnadas do desejo de ajudar, esclarecer, progredir e amar.
Diante do exposto, fica patente que o poder dos indivíduos que buscam o desenvolvimento espiritual e que trabalham pelo bem, pelo amor e pelo progresso supera grandemente a condição daquelas mentes enfermiças que ainda não despertaram para as noções de melhoramento, renovação e aperfeiçoamento. Lembro-me de Gandhi, quando afirmou que “Se um único homem chega à plenitude do amor, neutraliza o ódio de milhões”. Desenvolvendo a reflexão do Mahatma, talvez possamos concluir que, se milhares de indivíduos compreenderem que podem expressar nem que seja uma diminuta parcela de amor, em forma de cooperação, solidariedade, honestidade, lealdade, neutralizaremos o ódio daqueles que ainda permanecem ignorantes das leis da vida.
Uma das coisas que determina fortemente a elevação da frequência vibratória do pensamento é o amor desinteressado.
E é claro que o contrário também é verdadeiro: o egoísmo, as paixões aviltantes, a falta de sintonia com os elementos de progresso produzem um rebaixamento das vibrações dessas correntes mentais. Elas passam a formar uma espécie de egrégora ou conjunto de formaspensamento que gravitam muito próximo à esfera física.
Aqueles seres que sintonizam com a mágoa, a tristeza, a indiferença, o egoísmo e os interesses mesquinhos captam dessa egrégora elementos mentais que abastecem esses pensamentos e sentimentos desorganizados e desinteressantes para o progresso humano.
Dessa maneira, deduz-se quanto é valiosa a reeducação dos impulsos da alma. Selecionar o alimento mental passa a ser tão ou mais importante que escolher o alimento material. Conhecer-se para detectar a fonte das emoções desequilibradas passa a ser condição sine qua non para uma vida digna de filho de Deus, para uma existência feliz. Sentimentos e emoções de baixo teor, como os descritos no parágrafo anterior, serão detectados pelo ser que busca espiritualizar-se, com a máxima prontidão possível, a fim de que sejam compreendidos e transmutados.
Esse exercício possibilitará uma plantação de qualidade, com uma colheita de resultados compensadores.

Robson Pinheiro
www.robsonpinheiro.com.br/artigos 

Ter desejo ardente de servir


Servir sem olhar a quem é o melhor remédio para não ficarmos na inércia das nossas imperfeições. Servindo, nos sentimos úteis, e sendo útil convergimos a nossa energia para o bem. Aquele que bate a nossa porta poderá ser o nosso irmão de outrora que desviamos do caminho e que a vida nas suas infinitas leis encaminha este para o nosso encontro no meio deste imenso universo. 
Artur Lima

Responsabilidade e Fracassos


Agir com ética, respeito e humildade, raramente ou quase nunca colocaremos a responsabilidade em alguém. Os nossos fracassos são na verdade oportunidade de crescimento e que devemos aprender com estas etapas que são colocadas à nossa prova. Podemos nos enganar e também ao próximo, mas a nossa consciência é o nosso maior juiz e é nessa consciência que deixamos as ramificações da vida e seguimos o caminho reto. Jesus nos disse: “Carregue a sua cruz e me siga”. Carregar essa “cruz” só com a força de vontade que buscamos no fluido cósmico universal para poder trilhar na vertical das nossas reencarnações. Trabalhemos em silêncio com a paz interior para os nossos objetivos e missões nas diversas reencarnações, reconhecendo que todos nós somos aprendizes, ou melhor, um átomo no meio de um turbilhão desses ao encontro do Pai.
Artur Lima

domingo, 12 de fevereiro de 2017

O Espelho de Gandhi

Perguntaram a Mahatma Gandhi quais são os fatores que destroem os seres humanos...
Ele respondeu: "A Política, sem princípios; o Prazer, sem compromisso; a Riqueza, sem trabalho; a Sabedoria, sem caráter; os negócios, sem moral; a Ciência, sem humanidade; a Oração, sem caridade.
A vida me ensinou: que as pessoas são amigáveis, se eu sou amável; que as pessoas estão tristes, se estou triste; que todos me querem, se eu os quero; que todos são ruins, se eu os odeio; que há rostos sorridentes, se eu lhes sorrio; que há faces amargas, se eu sou amargo; que o mundo está feliz, se eu estou feliz; que as pessoas ficam com raiva quando eu estou com raiva e que as pessoas são gratas, se eu sou grato.
A vida é como um espelho: se você sorri para o espelho, ele sorri de volta. A atitude que eu tomar perante a vida é a mesma que a vida vai tomar perante a mim. Quem quer ser amado, ama! O caminho para a felicidade não é reto. Existem curvas chamadas EQUÍVOCOS, existem semáforos chamados AMIGOS, luzes de cautela chamadas FAMÍLIA, e tudo se consegue se tiveres: um estepe chamado DECISÃO, um motor poderoso chamado AMOR, um bom seguro chamado FÉ, combustível abundante chamado PACIÊNCIA, e acima de tudo um
motorista habilidoso chamado DEUS!”

Gandhi

Devemos Refletir

O homem precisa devotar-se cada vez mais ao estudo e conhecimento da vida imortal, para adaptar-se gradualmente às fases dos processos que vinculam os espíritos à carne! Precisa conhecer as obrigações espirituais e alertar os faltosos quanto aos efeitos dolorosos e indesejáveis de suas prevaricações contra as leis imutáveis! É aconselhável refletir sobre o tremendo ódio que pode gerar-se nas almas frustradas pela encarnação, e que vos espreitam do Espaço, absolutamente enfurecidas contra as esterilizações e o uso dos anticoncepcionais, que as impedem de aliviar as suas dores e remorsos atrozes, pela graça do esquecimento num corpo de carne! Malgrado a esterilização em massa, na Terra, que impede a procriação de novos corpos, nem por isso a vossa humanidade conseguirá “esterilizar-se” contra os obsessores revoltados e a culpa cármica de negar a vida física a bilhões de almas atormentadas no Além-Túmulo!

Do livro: A Vida Humana e o Espírito Imortal - Ramatis - psicografado pelo médium Hercílio Maes.

A Vida da Terra

VIDA FÍSICA- Considerando a existência na Terra um conjunto de matérias professadas em determinada cota de tempo, ver-se-á o espírito encarnado na perfeita condição de aluno, na Universidade da Vida Eterna, assimilando valores para a obtenção da imortalidade. Para a verificação disso, basta relacionemos alguns tópicos da jornada humana, referindo-nos tão somente à área física do Planeta, em termos  de escola, como sejam:
TERRA - Instituto de ensino e aperfeiçoamento sob a direção e supervisão do Espírito Angélico de Jesus Cristo.
PLANO FÍSICO - Departamento de provas e expiações.
FINALIDADE - Extinção da ignorância, revisão de culpas, resgate de débitos e eliminação de tendências inferiores.
MATRÍCULA - Certidão de nascimento.
CARTEIRA - O corpo.
DISTINTIVOS - Os sinais morfológicos.
PRIMEIROS MESTRES - Os pais.
CLASSE - O grupo social.
SALA DE AULA - O lar a que se pertence.
MOTIVAÇÕES - As lutas indispensáveis que variam conforme os sentimentos de pessoa a pessoa.
ENSINAMENTOS - Os deveres de cada dia.
EXERCÍCIOS - Os erros e acertos de apreciação de conduta.
COLEGAS DE TURMA - Os parentes.
COMPANHEIROS AFINS - Os amigos.
FISCAIS - Os adversários.
CURRÍCULO DAS LIÇÕES - As provas necessárias, nos múltiplos setores da experiência humana.
EXAMES - As crises de saúde e no trabalho, nas relações e nos ideais.
BANCA DE EXAME - O coração e a consciência de cada um.
SISTEMA CORRETIVO - Provações transferidas para diante por negligência do aprendiz e, por isso mesmo, naturalmente agravadas, lembrando inspeções de segunda época.
PROMOÇÕES - Mudanças felizes, responsabilidades maiores, encargos mais altos e direitos à continuação do próprio burilamento para a conquista da felicidade imperecível, em novos estágios evolutivos, seja na Terra ou em outros mundos.
PENALIDADES PARA OS ALUNOS RELAPSOS: Repetência de todas as lições malbaratadas, em reencarnações no futuro.
DESLIGAMENTO DA ESCOLA: Desencarnação.

Texto- Emmanuel/Chico Xavier

Texto Antidepressivo

Quando você se observar, à beira do desânimo, acelere o passo para frente, proibindo-se parar. Ore, pedindo a Deus mais luz para vencer as sombras. Faça algo de bom, além do cansaço em que se veja. Leia uma página edificante, que lhe auxilie o raciocínio na mudança construtiva de ideias. Tente contato de pessoas, cuja conversação lhe melhore o clima espiritual. Procure um ambiente, no qual lhe seja possível ouvir palavras e instruções que lhe enobreçam os pensamentos. Preste um favor, especialmente aquele favor que você esteja adiando. Visite um enfermo, buscando reconforto naqueles que atravessam dificuldades maiores que as suas. A tenda às tarefas imediatas que esperam por você e que lhe impeçam qualquer demora nas nuvens do desalento. Guarde a convicção de que todos estamos caminhando para adiante, através de problemas e lutas, na aquisição de experiência, e de que a vida concorda com as pausas de refazimento das nossas forças, mas não se acomoda com a
inércia em momento algum.

Do Livro: Busca e Acharás Pelo Espírito André Luiz, através do médium Francisco Cândido Xavier.

A Última Tentação


Dizem que Jesus, na hora extrema, começou a procurar os discípulos, no seio da agitada multidão que lhe cercava o madeiro, em busca de algum olhar amigo em que pudesse reconfortar o espírito atribulado... Contemplou, em silêncio, a turba enfurecida. Fustigado pelas vibrações de ódio e crueldade, qual se devera morrer, sedento e em chagas, sob um montão de espinhos, começou a lembrar os afeiçoados e seguidores da véspera...Onde estariam seus laços amorosos da Galiléia?... Recordou o primeiro contacto com os pescadores do lago e chorou. A saudade amargurava-lhe o coração. Por que motivo Simão Pedro fora tão frágil? Que fizera ele, Jesus, para merecer a negação do companheiro a quem mais se confiara? Que razões teriam levado Judas a esquecê-lo? Como entregara, assim, ao preço de míseras moedas, o coração que o amava tanto? Onde se refugiara Tiago, em cuja presença tanto se comprazia? Sentiu profunda saudade de Filipe e Bartolomeu, e desejou escutá-los.Rememorou suas conversações com Mateus e refletiu quão doce lhe seria poder abraçar o inteligente funcionário de Cafarnaum, de encontro ao peito... De reminiscência a reminiscência, teve fome da ternura e da confiança das criancinhas galiléias que lhe ouviam a palavra, deslumbradas e felizes, mas os meninos simples e humildes que o amavam perdiam-se, agora, à distância... Recordou Zebedeu e suspirou por acolher-se-lhe à casa singela. João, o amigo abnegado, achava-se ali mesmo, em terrível desapontamento, mas precisava socorro para sustentar Maria, a angustiada Mãe, ao pé da cruz. O Mestre desejava alguém que o ajudasse, de perto, em cujo carinho conseguisse encontrar um apoio e uma esperança... Foi quando viu levantar-se, dentre a multidão desvairada e cega, alguém que ele, de pronto, reconheceu. Era o mesmo Espírito perverso que o tentara no deserto, no pináculo do templo e no cimo do monte. O Gênio da Sombra, de rosto enigmático, abeirou-se dele e murmurou: – Amaldiçoa, os teus amigos ingratos e dar-te-ei o reino do mundo! Proclama a fraqueza dos teus irmãos de ideal, a fim de que a justiça te reconheça a grandeza angélica e descerás, triunfante, da cruz!... Dize que os teus amigos são covardes e duros, impassíveis e traidores e unir-te-ei aos poderosos da Terra para que domines todas as consciências. Tu sabes que, diante de Deus, eles não passam de míseros desertores... Jesus escutou, com expressiva mudez, mas o pranto manou-lhe mais intensamente do olhar translúcido. – Sim – pensava –, Pedro negara-o, mas não por maldade. A fragilidade do apóstolo podia ser comparada à ternura de uma oliveira nascente que, com os dias, se transforma no tronco robusto e nobre, a desafiar a implacável visita dos anos. Judas entregara-o, mas não por má-fé. Iludira-se com a política farisaica e julgara poder substituí-lo com vantagem nos negócios do povo. Encontrou, no imo d’alma, a necessária justificação para todos e parecia esforçar-se por dizer o que lhe subia do coração. Ansioso, o Espírito das Trevas aguardava-lhe a pronúncia, mas o Cordeiro de Deus, fixando os olhos no céu inflamado de luz, rogou em tom inesquecível: – Perdoa-lhes, Pai! Eles não sabem o que fazem!... O Príncipe das Sombras retirou-se apressado. Nesse instante, porém, ao invés de deter-se na contemplação de Jerusalém dominada de impiedade e loucura, o Senhor notou que o firmamento rasgara-se, de alto a baixo, e viu que os anjos iam e vinham, tecendo de estrelas e flores o caminho que o conduziria ao Trono Celeste. Uma paz indefinível e soberana estampara-se-lhe no semblante. O Mestre vencera a última tentação e seguiria, agora, radiante e vitorioso, para a claridade sublime da ressurreição eterna.

Do livro Contos e Apólogos de Irmão X (Humberto de Campos) - através de Francisco Cândido Xavier.

Cada Indivíduo é Único

Cada Indivíduo é Único A vida é, intrinsecamente, uma tremenda aceitação inconsciente. Aceitou totalmente os seus olhos? Aceitou totalmente o seu corpo? Aceitou totalmente a vida que leva? Esta ideia de aceitação total que nos é imposta torna-nos infelizes, porque está continuamente a fazer comparações. Há sempre alguém que tem uns olhos mais bonitos, um corpo mais forte e que possui mais conhecimentos. E a pessoa sente-se sempre inferior e esta inferioridade vai-nos corroendo o coração. Tornamo-nos cada vez mais infelizes, mas o motivo foi criado desnecessariamente por nós. Não há necessidade de nos compararmos com os outros, porque não existe ninguém com quem nos possamos comparar. Cada indivíduo é único. E seja o que for, é dessa maneira que a existência quer que esse indivíduo seja. Desfrute disso. Substitua a palavra «aceitação», porque não é uma palavra muito feliz. Aceitação é uma coisa que tem de se fazer, não há alternativa. Há pessoas mais bonitas, há pessoas mais ricas, há pessoas mais fortes. E o que é que podemos fazer? Aceitar. Eu não ensino a aceitação desta maneira. A minha ideia de aceitação é completamente diferente da de todas as religiões. Eu proclamo a sua unicidade. Cada um de nós é apenas aquela pessoa particular e não existe ninguém - nem no presente, nem no passado, nem no futuro - que seja exatamente igual a nós. A existência confere-lhe uma individualidade única, alegre-se com isso. E dessa alegria virá a aceitação; com isso não tem de se preocupar. Eu nunca senti que devia ser alguém na vida.

Osho, in 'Acreditar no Impossível'
Fonte: http://www.citador.pt/textos/cada-individuo-e-unico-osho

Palestras no CEMA – Centro Espírita Mensageiros do Amor/ Tema Central – O Universo e a Espiritualidade - Facilitador: Artur Lima

27 de Março - Deus a Teoria de Tudo - Parte 1
24 de Abril - Deus a Teoria de Tudo - Parte 2
29 de Maio – A Vida no Cosmo
26 de Junho - O Fim do Mundo o Princípio de Tudo
31 de Julho – O Destino da Terra
28 de Agosto - A Espiritosfera
25 de Setembro – O Viajor do Cosmo
30 de Outubro - Nossa Morada Cósmica
27 de Novembro – Naves Interplanetárias
18 de Dezembro – Universo em Evolução

Com base nos livros de Psicografia do médium João Berbel pelos espíritos Galileu Galilei e Karran

O Chacra Laríngeo e os Relacionamentos

O chacra laríngeo fica na região etérica da garganta. É o polarizador da expressão humana, da fala humana, da comunicação. Tudo aquilo que você experimenta na sua convivência é estampado nesse chacra. É o espelho da comunicação e das relações humanas. Quando você encontra alguém e aperta-lhe a mão, esse centro de energia entra em ressonância. Quando você ouve a fala de alguém é nele que se sabe se é verdade ou mentira. Afinidade e antipatia entre pessoas são registradas
por esse canal. Ele pode ser afetado pelo uso infeliz da palavra que fere, mente, desanima e prejudica outra pessoa. Ou pode também ser iluminado por expressões de gratidão, alegria, amor e bondade para com os outros. Palavras não ditas podem adoecê-lo e fazem a pessoa engasgar com seus próprios sentimentos, causando muita sensação de sufoco e pressão mental. É o chacra que mais observo em desalinho no meu trabalho profissional,porque, na grande maioria dos pacientes o que mais se verifica são pessoas se intoxicando com aquilo que não resolvem em seus próprios corações e mentes. Sentimentos mal orientados e pensamentos em conflito causam perturbações intensas nesse campo energético. Nesses casos de mal orientação emocional e conflitos mentais chega-se a provocar uma inversão na direção da rotação do chacra laríngeo. O primeiro efeito perceptível desse quadro é uma dose acentuada de angústia no chacra cardíaco (perto do coração) e um roubo de energia continuo do chacra solar (na altura do umbigo). Quando esses chacras estão assim temos sintomas imediatos no corpo físico: cansaço, uma tristeza persistente, um estado de confusão mental, sono muito alterado e que não descansa, diminuição de apetite, doenças no aparelho respiratório como renites, faringites e outras. A pessoa que carrega o chacra laríngeo com rotação invertida torna-se também um vampiro dos relacionamentos, suga a energia alheia com ou sem intenção. Os quadros emocionais que sustentam o comportamento dessa pessoa são baixa autoestima, inveja do êxito alheio, revolta com sua situação perante a vida, briga constante com partes do seu corpo físico, enorme dificuldade de interagir com diferenças e diferentes, entre outras. Tem muita gente procurando por obsessores onde, em muitos casos, nada mais existem que profundas doenças energéticas requerendo atenção, mudança de postura e uma orientação capaz de te orientar como usar seus potenciais invisíveis e mentais.

Pelo médium Wanderley Oliveira.Fonte: Blog profissional - www.wanderleyoliveira.blog.br

O Herdeiro do Pai

Cede aos poderes humanos respeitáveis o que lhes cabe por direito lógico da vida, mas não te esqueças de dar ao Senhor o que lhe pertence. Não convém concentrar em organizações mutáveis do plano carnal todas as nossas esperanças e aspirações. Em vista de semelhantes realidades, por que te apaixonas, com tanta veemência, por criaturas falíveis e programas transitórios? Os homens de hoje, por mais veneráveis, são herdeiros dos homens de ontem, empenhados na luta gigantesca pela redenção de si mesmos. Poderão prometer maravilhosos reinados de abastança e paz, liberdade e harmonia, entretanto, não fugirão ao serviço de corrigenda dos erros que herdaram, não só daqueles que os antecederam, no campo dos compromissos coletivos, mas igualmente de suas próprias experiências passadas, em tenebrosos desvios do sentimento. A civilização de agora é sucessora das civilizações que faliram. As nações que se restauram aproveitam as nações que se desfizeram. As organizações que surgem na atualidade guardam a herança das que desapareceram na voragem da discórdia e da tirania. Não existem, pois, razões que justifiquem os tormentos dos aprendizes do Cristo, angustiados pelas inquietudes políticas da hora que passa. Semelhante estado de alma é simples produto de inadvertência perigosa. Porque todos devemos saber que os homens falíveis não podem erguer obras infalíveis e que compete a nós outros, partidários do Mestre, a posição de trabalhadores sinceros, chamados a servir e cooperar na obra paciente e longa, mas definitiva e eterna, daquele a quem o Pai "constituiu herdeiro de tudo, por quem fez também o mundo". 

Jornal Bimestral da Sociedade Espírita Ramatis - Setembro / Outubro de 2016 - No 76. Emmanuel - psicografia de Chico Xavier - do livro Fonte Viva.

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Autismo



Não se trata de um acaso biológico. Os pais que recebem em seu lar um espírito com essa característica tem uma história pregressa que os une a essa situação. Em geral, estão bastante compromissados com esse espírito. As ligações dos pais com seu filho costumam ter componentes tanto provacionais como expiatórios e de missão. Segundo diversos autores encarnados e desencarnados, o autismo é uma expressão física cerebral decorrente de uma importante desarmonia espiritual. A causa espiritual do autismo, a mais comumente citada pelos espíritos superiores é uma desarmonia ocasionada pela postura do Espírito em se recusar, insistentemente, a reencarnar. Como o Espírito rejeita, não admitindo em hipótese alguma o renascimento, traz em seu comportamento um aspecto de estar ausente e não adaptado à realidade da vida física. É muito útil a conversação, desde que bem orientada, que se faz com um autista durante o sono. As orientações são captadas pelo inconsciente (espírito), pois é este quem está enfermo. Durante o sono o córtex cerebral não atuando dá espaço para que nos comuniquemos diretamente com o Espírito. Há alguns chakras que seriam mais específicos para intervenção. O chakra frontal enviando, em pensamento, uma energia luminosa azul clara e brilhante, repetindo pensamentos objetivos, simples e curtos. Outro chakra seria o cardíaco, imaginando uma energia luminosa de cor rosa, envolvendo o coração do autista.  
Dr. Ricardo Di Bernardi (Jornal Bimestral da Sociedade Espírita Ramatis - Maio / Junho de 2016)

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Consciência e Ação

Quando tomamos consciência das nossas ações, ou seja, quando adquirimos o nosso livre arbítrio, passamos a ter a responsabilidade dos nossos atos. As leis universais que dirigem a nossa consciência, imprime em nossa mente o ajuste necessário das nossas faltas caso haja ou o bem que nós fazemos imprimi a energia do amor. A lei de causa e efeito nos coloca sempre ma linha reta, nos mostrando através das vivências que somos falhos e que acima de tudo existe um Deus. O nosso Pai não puni, mas são as suas leis que nos corrige, para o verdadeiro encontro com nós mesmos, seguindo o ritmo para a evolução e iluminação.  

Artur Lima

segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Diminuição das Faixas Solares Espectrais da Antimatéria como Contribuição para o Resfriamento do Magma da Terra: Energias Renováveis como Soluções.

O resultado médio da distância do Sol a Terra em seu periélio (distância mais próxima do Sol) se encontra perto dos 147 milhões de quilômetros e em seu Afélio (maior distância do Sol) por volta de 152 milhões de quilômetros. Partindo desse princípio, a radiação solar demora aproximadamente 8 minutos e 20 segundos para atingir a Terra e essa está inserida em várias faixas espectrais¹, tanto do plano da matéria, quanto do plano da antimatéria. Toda partícula possui a sua antipartícula, então a radiação solar com as suas antipartículas, atinge o magma da Terra pelo processo de refração, após percorrer além das distâncias acima informada, mais 6371 km de raio terrestre. Quando a radiação solar (com suas faixas espectrais não captáveis ainda por aparelhos físicos) atinge o núcleo da Terra, aquece o magma provocando a liberação da energia necessária para rotação do orbe ao redor de si mesmo em torno do seu próprio eixo. Esse movimento é natural, mesmo porque a Terra, já foi parte do Sol a milhões de anos atrás. Com essa análise, a contribuição da poluição na camada de ozônio, permite maior passagem dos raios solares sem serem filtrados (zona espectral solar que deveria ser impedida pela camada de ozônio) provocando o superaquecimento apenas na atmosfera da Terra. Paralelamente com o aumento da poluição atmosférica, criam-se barreiras, impedindo que novos raios solares com seus espectros nas zonas da antimatéria cheguem ao núcleo do orbe, diminuindo assim a temperatura interna do planeta. Na verdade, o planeta Terra está esfriando de dentro para fora e não se aquecendo, ou seja, o aquecimento se dá apenas na superfície. Com a diminuição da temperatura interna pelo processo de entropia dentro da termodinâmica, o planeta em questão, passa a diminuir sua rotação por processos estocásticos, tendo como consequência regiões mais quentes e outras regiões mais frias com referência ao Sol, alterando assim o equilíbrio planetário e o equilíbrio do Sistema Solar. O desequilíbrio, provoca maiores quantidades de: terremotos, enchentes, tsunamis, furacões, etc... A contribuição de soluções eficazes no que diz respeito as energias renováveis é fator principal na qualidade do espectro solar e na diminuição da ruptura da camada de ozônio ou o seu restabelecimento a longo prazo. Os estudos científicos corroboram na afirmação da utilização de placas solares como base na conversão de energia elétrica para vários fins úteis a humanidade, pois o Sol está presente em todo globo. Outras fontes renováveis como a eólica, a energia do mar, a energia dos raios esta última como fonte a ser estudada futuramente, seguem o mesmo princípio da energia solar: todas limpas, renováveis e sem agredir a camada de ozônio. Precisa-se que as academias despertem o interesse e a educação na utilização dessas energias limpas, direcionando e incentivando pesquisas para que tenhamos um orbe mais equilibrado para se viver. NT¹: O Espectro Solar, possui faixa de frequência em dois planos: da matéria (com suas partículas) e da antimatéria (com suas antipartículas). As faixas de frequências que se estabelecem no plano da antimatéria, não podem ser captáveis por aparelhos físicos. As antipartículas, provocam as frequências não registradas nestes aparelhos e sofrem a contrapartida das partículas no mundo da matéria e vice-versa. As antipartículas não são impedidas de penetrarem na matéria, mas a quantidade de “um raio solar”, contém todas as faixas de frequências captáveis ou não e é pelo processo de refração que são filtradas. Então, se a quantidade de raio solar é diminuída até chegar ao magma do planeta Terra pelo ruptura da camada de ozônio em consequência da contribuição da barreira de poluição na atmosfera, é óbvio que o resfriamento no interior do planeta deve acontecer.  

Artur Lima

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

DOR E EVOLUÇÃO

“A dor é a bússola de segurança biológica e psíquica; ela assinala a fronteira perigosa que deve ser abandonada e convida o imprudente a reajustar o seu equilíbrio perturbado e tomar o caminho do dever”.
                                                                       Ramatis

A IMPORTÂNCIA DA DOR NA EVOLUÇÃO ESPIRITUAL

“Assim como o calor vaporiza as gorduras ou o fogo apura a fusão do ferro para têmpera do aço, a dor é como a energia que aquece a intimidade do espírito e o ajuda a volatizar a aderências ruidosas do seu perispírito”
                                                                   Ramatis

A IMPORTÂNCIA DA DOR NA EVOLUÇÃO ESPIRITUAL

“A dor é o produto de desequilíbrio magnético na estrutura do organismo psicofísico do homem; assemelha-se a um curto-circuito que ocorre na rede magnética ou eletrônica sustentadora do perispírito, e que repercute em qualquer região orgânica mais vulnerável, com um impacto energético capaz de provocar o desequilíbrio atômico.”
                                                                Ramatis

O PASTOR E AS OVELHAS

"É ocupação dos espíritos elevados tutelarem os menos evoluídos em sua trajetória"
                                             Espírito Irmão José pela mediunidade de Carlos Baccelli

MORTE E RENOVAÇÃO

"A dor, em verdade,representa a cura da ignorância espiritual - ela se revela e solicita medicação específica, a fim de que seja debelada."

                                                                            Espírito Irmão José pela mediunidade de Carlos Baccelli

ESPÍRITO E MATÉRIA

"A principal característica do espírito evoluído é o seu desprendimento de posses e sensações efêmeras"

                                                   Espírito Irmão José pela mediunidade de Carlos Baccelli

SER BOM

"A timidez  dos bons ou dos que estão tomando a decisão de se fazerem melhores é incentivo à ousadia dos transitoriamente maus"

                                                Espírito Irmão José pela meidunidade de Carlos Baccelli

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Para Refletir

A Lei de Deus não fez o inferno. O que existe são zonas infernais onde as consciências culpadas se reúnem atraídas por imposição inexorável da Lei de Afinidade.
O espírito sob o impulso da Lei de evolução aperfeiçoa-se, adquire leveza e sobe. Da mesma forma, se estaciona no mal, embrutece-se, torna-se pesado e desce. Essa é uma Leia ainda desconhecida pela maioria dos homens mas que funciona rigorosamente nos planos espirituais e tanto atinge o espírito encarnado quanto o desencarnado. É o que poderíamos chamar peso específico do perispírito. O responsável, no entanto, por isso é a mente.
Quando a mente abriga pensamentos de baixa vibração determinam eles o nascimento de sentimentos inferiores de natureza materializante que agem diretamente sobre os fios que constituem a rede vibratória do perispírito produzindo correntes mais lentas o que o tornará mais pesado e mais grosseiro. O fenômeno contrário, isto é, quando a mente abriga pensamentos de ordem superior ou de alta vibração, nascem os sentimentos de projeção superior que produzem correntes vibratórias mais velozes trazendo como consequência direta maior leveza do perispírito. Como um balão, o espírito busca então, as alturas espirituiais ou desce às profundezas do abismo.