domingo, 12 de fevereiro de 2017

O Chacra Laríngeo e os Relacionamentos

O chacra laríngeo fica na região etérica da garganta. É o polarizador da expressão humana, da fala humana, da comunicação. Tudo aquilo que você experimenta na sua convivência é estampado nesse chacra. É o espelho da comunicação e das relações humanas. Quando você encontra alguém e aperta-lhe a mão, esse centro de energia entra em ressonância. Quando você ouve a fala de alguém é nele que se sabe se é verdade ou mentira. Afinidade e antipatia entre pessoas são registradas
por esse canal. Ele pode ser afetado pelo uso infeliz da palavra que fere, mente, desanima e prejudica outra pessoa. Ou pode também ser iluminado por expressões de gratidão, alegria, amor e bondade para com os outros. Palavras não ditas podem adoecê-lo e fazem a pessoa engasgar com seus próprios sentimentos, causando muita sensação de sufoco e pressão mental. É o chacra que mais observo em desalinho no meu trabalho profissional,porque, na grande maioria dos pacientes o que mais se verifica são pessoas se intoxicando com aquilo que não resolvem em seus próprios corações e mentes. Sentimentos mal orientados e pensamentos em conflito causam perturbações intensas nesse campo energético. Nesses casos de mal orientação emocional e conflitos mentais chega-se a provocar uma inversão na direção da rotação do chacra laríngeo. O primeiro efeito perceptível desse quadro é uma dose acentuada de angústia no chacra cardíaco (perto do coração) e um roubo de energia continuo do chacra solar (na altura do umbigo). Quando esses chacras estão assim temos sintomas imediatos no corpo físico: cansaço, uma tristeza persistente, um estado de confusão mental, sono muito alterado e que não descansa, diminuição de apetite, doenças no aparelho respiratório como renites, faringites e outras. A pessoa que carrega o chacra laríngeo com rotação invertida torna-se também um vampiro dos relacionamentos, suga a energia alheia com ou sem intenção. Os quadros emocionais que sustentam o comportamento dessa pessoa são baixa autoestima, inveja do êxito alheio, revolta com sua situação perante a vida, briga constante com partes do seu corpo físico, enorme dificuldade de interagir com diferenças e diferentes, entre outras. Tem muita gente procurando por obsessores onde, em muitos casos, nada mais existem que profundas doenças energéticas requerendo atenção, mudança de postura e uma orientação capaz de te orientar como usar seus potenciais invisíveis e mentais.

Pelo médium Wanderley Oliveira.Fonte: Blog profissional - www.wanderleyoliveira.blog.br

Nenhum comentário: